Ano Letivo

2009/2010

Unidade Curricular

Laboratório de Urbanística

Ano Curricular


Docência

Vincenzo Riso, Ana Lopes

Título do Exercício

Construir um olhar específico

Lugar de Intervenção

Varias amostras na freguesia de Vila das Aves, C.M. Santo Tirso

Enunciado do Exercício

Este exercício propõe a reflexão sobre áreas inseridas no território difuso do Vale do Ave. Este território apresenta um modelo de urbanização distinto do modelo tradicional, associado às cidades consolidadas, sendo assim necessário treinar o olhar para o reconhecimento dos traços e pegadas que estes territórios apresentam, com o objetivo de inventar novas formas de intervir.

É fornecida uma amostra alargada do Vale do Ave, inserida na continuidade urbana definida pelo eixo e pretende-se que o aluno crie uma interpretação que se funda num olhar específico; este olhar seleciona temas e/ou elementos, que por serem sistematicamente recorrentes em toda a extensão da amostra, se reconhecem como estruturantes no território e na paisagem resultante.

O mote para a criação da ideia-chave será dado com a seleção de uma fotografia, que o grupo considere exemplificativa da sua inquietação perante a área de estudo. Devem associar essa fotografia a um tema e/ou elemento reconhecido.

Proximidade / Privacidade

João Pedro Silva e Ana Rita Pereira

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img01

Imagem catalisadora do tema

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img02

1.º Filtro: Acidente topográfico como catalisador de uma maior imiscuição do público no privado

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img03

2º Filtro: A diferença de usos que se manifestam ao nível da estrutura viária (afunilamentos, mudança de pavimentos, etc.)

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img04

3º Filtro: Um maior controlo do privado, quando este está pressionado contra a estrutura viária.

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img05

Fronteira entre público/privado, pela análise de possíveis barreiras, escala de Parcelamento, Pavimentos de rua

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img06

Confrontação tipológica do edificado em diferentes estratos e como se modela ou adapta

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img07

Aproximação do tecido edificado ao rio desde a definição até à dissolução de um caminho

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img08

A transitoriedade do edificado no desenvolvimento da estrada nacional

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img09

Corte A

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img10

Corte B

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img12

Corte C

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img11

Corte D

 

 

ACT-20092010-LU-EXE3-GRUPO_B-img13

Planta síntese